[novidade] Um ano de IONICS, um ano de Escritório de Análise de Negócios

23 de junho de 2009, comemoro um ano de trabalho na IONICS e com isso, o Escritório de Análise de Negócios completa também um ano.

Voltando no tempo, penso nas dúvidas normais que passam pela cabeça de quem está estudando a possibilidade de troca de um ambiente conhecido, estável e seguro por um ambiente desconhecido, desafiador e misterioso.

Agora fica fácil entender a decisão, mas como dizem, toda decisão é um ato solitário. E essa foi também, apesar do apoio da família a amigos. Deixei muita gente boa e lembranças gostosas para trás, além do esforço de quase três anos para me tornar alguém dentro de uma empresa com 500 funcionários.

Há um ano sentei na minha nova sala, ainda improvisada, e pensei “bem, estou aqui, e agora, por onde começo?“. Pela primeira vez na minha vida profissional não tinha um chefe ao lado ou bem perto dizendo exatamente o que eu tinha que fazer. Fui contratado para implantar o escritório de análise de negócios, essa era a instrução da diretoria.

 

Arregacei as mangas e segui a cartilha dos processos iterativos e incrementais, ou ágeis. Fiz um mapeamento de alto nível, de 2 Km de extensão por 2 cm de profundidade (como diz o Paulo Vasconcellos), levantei as iniciativas e as priorizei, atacando primeiro aquelas que traziam a melhor relação entre benefício para o negócio e o esforço necessário.

Nesse processo, contei com diversos apoios que fizeram muita diferença, são profissionais da IONICS de diferentes áreas que me acolheram e que por vislumbrar os benefícios que a análise de negócios bem feita pode trazer, ofereceram incentivo, idéias e companheirismo, além de abrir as suas áreas para as nossas idéias.

Outro apoio fundamental partiu da diretoria que designou para trabalhar comigo no EAN, desde o primeiro dia, um dos melhores profissionais da empresa, especialista na área de postos e dono de uma mistura difícil de se encontrar, a da experiência com a vontade de inovar. Foi um ótimo começo.

Estou montando um framework para a implantação de escritórios de análise de negócios, aprendi muito com as experiências da Dígitro e da IONICS, tenho muitas dicas, mas aqui vou redundar sobre a suprema verdade, a de que qualquer iniciativa precisa encontrar um ambiente favorável para a sua implantação. Como na parábola do semeador. A IONICS estava aberta para a mudança e disposta a investir na análise de negócios. Minha chegada foi pura sincronia.

Vender o conceito é tão trabalhoso quanto implantá-lo, então, cuidado, só aceite esse tipo de empreitada se a empresa realmente entender do que se trata e o apoio for garantido.

Estou feliz e satisfeito. Passou tão rápido, parece que não dá para fazer muito em um  ano, mas ao listar as conquistas, nossa, é impressionante, são pelo menos quatro iniciativas muito legais por mês, uma por semana.

Essas iniciativas vão desde coisas grandes como concepção e desenvolvimento de novos produtos até pequenas melhorias naqueles processos que no fundo fazem toda a diferença para alimentar as vendas de amanhã.

Falei “legais” mesmo, pois a minha primeira diretriz (sim, como em Star Trek) é fazer o máximo possível de coisas legais nos nossos dias, pois passamos as melhores horas do dia dentro de um escritório. Precisa valer a pena, então, faço coisas legais, seja através da análise de negócios ou através de qualquer coisa que me inspire.

Agradeço as minhas equipes (do EAN e do Marketing, área que assumi há nove meses) que se superam a cada dia na arte de fazer coisas das quais nos orgulhamos. Também destaco o desejo de inovar e de se melhorar constantemente que vejo na nossa área irmã, o escritório de projetos que aproveita o que há de melhor na juventude e que vai dando saltos de qualidade em curtos espaços de tempo.

A engenharia e as áreas de desenvolvimento aplicam novas metodologias e mostram engenhosidade na hora de atender aos requisitos com as suas soluções a ponto de dar vontade de tirar um tempinho e ir trabalhar lá com eles. Tem de tudo, de metodologias ágeis até programa da qualidade, passando por gadgets muito legais.

Na última feira na qual participamos, em Araçatuba, montamos uma simulação completa e funcional de uma pista de abastecimento automatizado (com bomba e tudo), mais dois terminais comboio. Automatizamos até um caminhão de madeira com DIV (dispositivo de identificação do veículo) e módulo de telemetria para passar a quilometragem (ou será metragem?) percorrida por ele nos corredores da feira para nosso sistema.

Trabalho integrado entre o EAN, o marketing, projetos, o desenvolvimento e a engenharia. Coisa profissional, de empresa grande, bem legal.

- “Ahh Kerber, lugar nenhum é uma maravilha assim como você pinta, você deve estar emocionado com a data”.

Claro que passamos por dificuldades, que existem desafios enormes para contornarmos, que não concordamos em tudo que discutimos, contudo, o grande barato está em olhar ao seu redor e sentir que todos ali estão empenhados em resolver os problemas, em melhorar. E isso é constante na IONICS.

Valeu IONICS, amanhã estou aí.

2 ideias sobre “[novidade] Um ano de IONICS, um ano de Escritório de Análise de Negócios

  1. Olá Cláudio.

    Muito interessante a sua postura em criar e manter um Escritório de Análise de Negócios.

    Gostaria de saber se você pode me orientar em como iniciar um trabalho desses.

    Grande abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *